Buscar

29/12/2017 29/12/2017 10h38m

Compromisso com a Saúde: 2017 encerra com mais de 86 mil pessoas atendidas pelo programa Fila Zero

Ao longo do ano, Unidades de Saúde do Município promoveram uma série de atividades com a população (Foto: Arquivo/ Deise Fachin)

Reformas estruturais, habilitação de novas equipes de Saúde e expansão do Programa Saúde na Escola foram outras ações em destaques na área

 

O compromisso de Governo do prefeito Jorge Pozzobom, de investir recursos e tratar como prioridade a Saúde na cidade, fez com que o ano de 2017 chegasse ao fim com números e conquistas importantes na área. Até quarta-feira (27), dia em que foi realizado o último levantamento, um total de 86.223 pessoas, que aguardavam na fila por exames e consultas no Município há cinco anos, foram atendidas, por meio do programa Mutirão Fila Zero.

O programa teve o pontapé inicial em fevereiro, quando a primeira ligação para os pacientes da fila foi feita pelo chefe do Executivo, após levantamento que apurou que, dos usuários que aguardavam pelo atendimento desde 2012, 8.610 já haviam morrido. Por meio do programa, o Município conseguiu zerar a fila de espera em algumas especialidades, entre elas, Oftalmologia, Urologia, Radioterapia, Nefrologia, Audiometria e exame de Cintilografia. Ao total, considerando todas as especialidades, foram 48.514 consultas realizadas e 37.709 exames (veja, abaixo, os números detalhados do programa Mutirão Fila Zero e o ranking com as principais especialidades atendidas).

“Criamos o programa Mutirão Fila Zero com o objetivo de acabar com as filas de espera na Saúde, mas, acima de tudo, para resgatar a dignidade dos nossos santa-marienses. Investimos muitos esforços e recursos nesse projeto e encerramos o ano tendo superado a meta de atender os 64 mil que aguardavam por atendimento”, enfatizou o prefeito Jorge Pozzobom, que esteve à frente da Secretaria de Saúde no primeiro semestre do ano.

Outra conquista importante foi o fim das filas na especialidade de clínica geral na área da Odontologia. Por meio do projeto “Sorria Santa Maria” – inspirado no programa Mutirão Fila Zero e realizado por servidores do Município”, a Política de Saúde Bucal do Município zerou a demanda na especialidade. Ao longo das edições do projeto, que terá continuidade em 2018, foram 430 pacientes atendidos e mais de 1,7 mil procedimentos realizados.

TRANSPARÊNCIA

O fato de colocar a área da Saúde como prioridade absoluta do Governo possibilitou ainda à Gestão o conhecimento detalhado de dados e informações, referentes à área, que antes não eram disponibilizados. Por exemplo, hoje a Prefeitura tem acesso, em tempo real, ao total de consultas realizadas pelas Unidades de Saúde da cidade, o que permite concentrar esforços e investimentos nos locais em que há maior demanda. Por exemplo, de 1º de janeiro a 22 de dezembro deste ano, 365.916 mil pessoas foram atendidas nas Unidades de Saúde de Santa Maria. O Pronto Atendimento (PA) Flávio Miguel Schneider, o PA do Patronato, lidera o ranking dos locais com mais atendimento, tendo realizado, no período o total de 99.757 consultas, entre o atendimento adulto e infantil. Posteriormente, está a unidade da Kennedy e a Oneyde de Carvalho, com 25.574 e 15.848 consultas respectivamente.

MELHORIAS EM UNIDADES E QUALIFICAÇÃO DO SERVIÇO

Ao longo de 2017, além de viabilizar o programa Mutirão Fila Zero, a Prefeitura de Santa Maria investiu também na manutenção e na melhoria das Unidades de Saúde, bem como na expansão e qualificação dos serviços prestados da Atenção Básica, na Urgência e Emergência e na própria Gestão da área no Município.

Entre as ações realizadas, ressalta-se a pintura externa da Policlínica José Erasmo Crossetti, no PA do Patronato, no Unidade Ruben Noal (PA da Tancredo Neves) e na sede da Secretaria de Saúde, que passou a contar também com assessor jurídico exclusivo para a pasta.

Ao longo do ano, também foram adquiridos bens materiais para qualificar o serviço. Foram comprados 10 autoclaves para as unidades; 30 aparelhos de ar condicionado para as unidades (que serão instalados em 2018 via processo para instalação); adquiridos equipamentos e material permanente e duas ambulâncias via emendas parlamentares (que serão entregues em 2018), além da chegada de quatro novos médicos do Programa Mais Médicos do Brasil chegaram ao Município que estão atuando nos postos.

Ainda, foi feita a colocação de novas placas de identificação em algumas Unidades de Saúde, além do encaminhamento de processo de compra de Raios-X e reveladora, com recursos próprios, para o PA do Patronato (com licitação marcada para 09 de janeiro) e de ter sido concluída a reforma do telhado. No local, também foi dado início à reforma parcial do PA do Patronato. Houve ainda o processo de compra de um veículo para a Vigilância em Saúde, além de ter iniciado um projeto para a ampliação da Unidade Básica Ruben Noal, no Bairro Tancredo Neves. O projeto está na fase final, sendo encaminhado ao processo de licitação assim que concluído.

HABILITAÇÃO DE EQUIPES E TRANSFORMAÇÃO DE UNIDADES

Ao longo do ano, o prefeito Jorge Pozzobom e a secretária de Saúde do Município, Liliane Mello Duarte, também mantiveram contato direto com o Ministério da Saúde, a fim de avançar em processos que buscavam, sempre, qualificar a área na cidade. A partir dessas tratativas, o Município conseguiu duas importantes conquistas.

A primeira foi a habilitação de cinco novas equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF), cujas equipes já atuam junto a Unidades Básicas de Saúde (UBS). Assim, Santa Maria passará de 16 para 21 equipes, fortalecendo e garantindo o acesso ao atendimento a uma maior parte da população.

A segunda conquista, anunciada na quinta-feira (28), foi a autorização do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, para o Município transformar o Pronto Atendimento (PA) Flávio Miguel Schneider, o PA do Patronato, em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h Ampliada tipo II e a UPA III, que funciona junto à Casa de Saúde, em UPA Regional. Assim, haverá melhorias na qualidade do serviço, já que, por exemplo, o PA do Patronato passará a trabalhar em um modelo de UPA, o que significa a classificação de risco 24h, a ampliação no acesso, a organização da Rede de Urgência e Emergência do Município, além de garantir a vinda de recursos estaduais e federais para o custeio do funcionamento do local.

FOCO NOS PROFISSIONAIS E NOS USUÁRIOS

O ano de 2017 marcou também o investimento da Administração Municipal na qualificação dos profissionais que atuam na área da Saúde no Município. Além de serem realizados cursos, palestras e capacitação, por exemplo, com agentes de Saúde – para combate e prevenção do Aedes aegypti – e nas próprias Unidades de Saúde sobre os mais diversos assuntos, a cidade sediou II Encontro Nacional de Treinamento e Formação de Professores e Tutores de Comunidades de Aprendizagem Colaborativa, evento organizado pelas secretarias de Saúde e Educação. Na oportunidade, profissionais ligados à Saúde e à Educação foram capacitados na área durante oito dias, com palestrantes do projeto Infection Control Awareness Through Education (ICATE) – ligado ao Programa das Escolas Associadas das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (PEA-Unesco).

Além disso, cabe ressaltar também a expansão do Programa Saúde na Escola (PSE) no Município. O programa consiste foi implantado no Município no ano de 2014, com o objetivo de promover a articulação entre as escolas e a Rede Básica de Saúde, promovendo o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas. No início de 2017, apenas cinco escolas eram vinculadas ao programa, hoje, após o esforço do Governo Municipal e da Secretaria de Saúde, 49 escolas estão cadastradas e recebem as atividades do programa.

Entre as ações desenvolvidas, estão o combate ao mosquito Aedes aegypti, promoção à segurança alimentar e nutricional, prevenção de DST/AIDS, prevenção ao uso de álcool e outras drogas, promoção da atividade física e de lazer nas escolas, promoção e avaliação de Saúde bucal e aplicação tópica de flúor, entre outras atividades.

“2017 foi um ano difícil, mas de uma grande caminhada na área da Saúde. De cada três santa-marienses, um teve acesso, por meio da Prefeitura de Santa Maria, a consultas especializadas. Contamos com parcerias importantes, especialmente da Câmara de Vereadores, em que todos entenderam a importância e a necessidade de ampliar o acesso à comunidade. Os números mostram que a Atenção Básica, que é o nosso foco, evoluiu muito ao longo do ano, não só pelo aumento nos atendimentos, mas devido também a melhoria dos processos de trabalho. Seguiremos em 2018, junto ao prefeito Jorge Pozzobom, com planejamento e responsabilidade para trazermos ainda mais conquistas para a área da Saúde no Município”, finalizou a secretária de Saúde do Município, Liliane Mello Duarte. 

 

NÚMEROS DO PROGRAMA MUTIRÃO FILA ZERO (até 27 de dezembro)

Número de consultas agendadas Consulfarma: 36.539

Número de Exames agendados Consulfarma: 27.611

Consultas SISREG agendadas (até novembro) 11.975

Exames SISREG agendadas (até novembro) 10.098

Não querem consultas/exames: 8.668

Telefonema Caixa Postal: 16.523

Total de ligações: 59.663

Faltantes Consulfarma: 2.533

 

Total Consultas realizadas: 48.514

Total Exames realizados: 37.709

 

Total de agendamentos realizados: 86.223

 

PRINCIPAIS ESPECIALIDADES ATENDIDAS

 

CONSULTAS

Médico Oftalmologista: 11.288 pessoas atendidas

Médico Cardiologista: 4.160 pessoas atendidas

Médico Neurologista: 3.776 pessoas atendidas

Médico Urologista: 2.944 pessoas atendidas

Médico Psiquiatra: 2.436 pessoas atendidas

 

EXAMES

Mamografia Bilateral para Rastreamento: 4.447 realizados

Eletrocardiograma (Ecg): 3.441 realizados

Ultrassonografia Transvaginal: 1.440 realizados

Ultrassonografia Obstétrica: 1.176 realizados

Ultrassonografia de Abdômen: 1.138 realizados

 

Texto: Mariana Fontana (Mtb 17.770)
Foto: Arquivo/ Deise Fachin
Superintendência de Comunicação
Prefeitura Municipal de Santa Maria





Prefeitura Municipal de Santa Maria
Centro Administrativo, Rua Venâncio Aires, 2277
Expediente externo: 7h30 às 13
Telefone: (55) 3921.7000 CEP: 97010-005

© Copyright 2018, Todos os direitos reservados.

Topo da Página | Página Inicial