Buscar

25/11/2021 25/11/2021 13:17m


Coordenação do Programa Municipal de Educação Fiscal apresenta investimentos do Imposto Solidário


Reunião pública ocorreu na Câmara de Vereadores

Entidades beneficiadas com recursos do Imposto Solidário apresentaram um pouco do trabalho que realizado por meio desses investimentos. O Programam Municipal de Educação Fiscal promoveu uma reunião pública, nesta quarta-feira, na Câmara de Vereadores, para debater a temática “Onde estão os R$ 26 milhões dos Fundos Municipais?”. Participaram da atividade representantes dos poderes Executivo e Legislativo, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, do Conselho Municipal do Idoso e de algumas entidades municipais beneficiadas com os recursos Imposto Solidário.

A coordenadora do Programa Municipal de Educação Fiscal, Rosaura Vargas, fez uma apresentação sobre como funciona e para quais instituições podem ser destinados os recursos. Rosaura declarou que as pessoas físicas podem doar até 6% sobre o valor devido e as pessoas jurídicas podem doar até 1% do lucro real. A coordenadora do programa informou que, esse ano, tem três instituições de idosos e 12 de crianças e adolescentes aptas a receber os recursos.

Conforme Rosaura, neste ano, R$ 1.015.486,51 foi doado para entidades de amparo aos idosos. Já para entidades de amparo à crianças e adolescentes, foi destinado R$ 983.479,10. Logo após, integrantes das instituições Projeto Mãos Dadas e da Instituição Santa Maria Judô; Centro de Apoio à Criança com Câncer; Associação Riograndense Equoterapia e Equilíbrio; Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais; Lar Vila Itagiba; Abrigo Espírita Oscar José Pithan; Lar das Vovozinhas e Sociedade Espírita Estudo e Caridade Lar de Joaquina apresentaram as estruturas e o trabalho desenvolvido com os públicos que atendem.

O representante do Espaço Contábil, Adilson Catto, afirmou que a apresentação feita pelas entidades beneficiadas “transmite muito mais confiança para os doadores do imposto de renda”. Catto ressalta que a destinação antecipada de recursos para entidades capacitadas, por meio do Imposto Solidário para o ano de 2022, pode ser feita até 30 de dezembro.

O vereador Manoel Badke, também presente na reunião, declarou que destina parte do seu imposto para entidades do município desde 2013 e que é muito importante divulgar e informar à sociedade sobre o programa para que mais recursos possam ser destinados às entidades municipais. O parlamentar destacou também a possibilidade de o Poder Legislativo, através de emendas impositivas, contribuir com projetos sociais. O vereador Tubias Callil corroborou com as palavras de seu antecessor e destacou a importância da população conhecer mais sobre o Imposto Solidário. 

A reunião foi transmitida, ao vivo, pelo Canal 18.2 e pelo YouTube: TV Câmara Santa Maria. Reveja a atividade aqui.

Texto: Mateus Azevedo (Câmara de Vereadores de Santa Maria)
Fotos: Yorhan Rodrigues (Câmara de Vereadores de Santa Maria)
Secretaria Extraordinária de Comunicação
Prefeitura de Santa Maria




Fotos

Voltar | Mais Notícias | Página Inicial


Prefeitura Municipal de Santa Maria
Endereço:
Rua Venâncio Aires, 2277
Expediente externo: 8h30min às 13h30min
Telefone: (55) 3921-7000 CEP: 97010-005


Desenvolvimento SITI © Copyright 2021
Todos os direitos reservados.

Topo da Página | Página Inicial