Buscar

30/01/2018


Prefeitura e Associação Aliança pelo Samba deliberam pela não realização do Carnaval de Rua em 2018


Reunião ocorreu no Centro Administrativo da Prefeitura (Foto: Viviane Campos)

Com a falta de tempo hábil para a captação de recursos, evento foi cancelado. Ensaios nas escolas de samba estão mantidos

 

Em reunião realizada na tarde desta terça-feira (30), a Prefeitura e a Associação Aliança pelo Samba deliberaram, em comum acordo, pela não realização do Carnaval de Rua de Santa Maria neste ano. O motivo para a decisão foi, antes de tudo, a intenção de realizar um evento planejado, organizado e de qualidade. Apesar dos esforços da Administração e da entidade que, juntas, conseguiram aprovar um projeto na Lei Rouanet, as agremiações reconhecem que não houve tempo hábil para a captação dos recursos financeiros que poderiam viabilizar o desfile.

"Queremos realizar um carnaval grandioso e bonito em Santa Maria, mas sem o investimento de recursos públicos, pois a Prefeitura não tem condições financeiras neste momento. Por isso, nossa decisão é de adiamento e não de cancelamento. A partir de agora, as escolas de samba terão um ano inteiro pela frente para trabalhar, se organizar e captar recursos privados, via Lei Rouanet, para que Santa Maria possa ter um grande carnaval em 2019. E a Prefeitura vai continuar parceira da Associação, tanto na captação de recursos, quanto no apoio com infraestrutura para a realização do evento", explicou o chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez.

De acordo com Leonardo Ribeiro, presidente da Associação Aliança pelo Samba, o projeto aprovado pela Lei Rouanet tem validade até 31 de dezembro de 2018, o que dá condições para que a Associação Aliança pelo Samba continue ampliando parceriais e captando recursos durante esse período.

"Aprovamos o projeto em outubro, por isso, não tivemos tempo hábil para a captação de recursos. Esse é um novo modelo para a realização do carnaval, estamos aprendendo e queremos nos profisisonalizar. Já conseguimos alguns apoios financeiros e vamos continuar batalhando ao longo do ano. O projeto está pronto e aprovado, agora é captar", afirmou o presidente da associação.

Também participaram da reunião a secretária adjunta de Cultura, Esporte e Lazer, Márcia Teston, e o representante do Conselho dos Presidentes das Escolas de Samba de Santa Maria, Paulo Silveira.

 

ESCOLAS VÃO MANTER ENSAIOS NAS QUADRAS
Leonardo Ribeiro e Guilherme Cortez explicaram que o Carnaval não vai ser silenciado em Santa Maria, pois as escolas de samba - aquelas que estão com suas quadras e espaços de ensaio em condições - vão continuar realizando suas atividades normalmente durante o mês de fevereiro e março. Das escolas em funcionamento no Município, quatro estão em processo de regularização de seus espaços de ensaio: Arco Íris, Império da Zona Norte, Unidos de Camobi e Imperatriz Academia do Samba. 

No entanto, as escolas deverão obedecer o que determina o Decreto Executivo nº 176, assinado pelo prefeito Jorge Pozzobom em 21 de dezembro de 2017. O documento determina que as festividades de carnaval devem iniciar em 13 de dezembro de 2017 e encerrar em 12 de março de 2018. Os ensaios e reuniões nas agremiações estão permitidos de domingo a quinta-feira, das 20h à 1h e, nas sextas e sábados, das 20h às 3h.

Em caso de descumprimento dos horários citados no decreto, a população pode entrar em contato com o Setor de Fiscalização de Posturas da Prefeitura, pelo telefone (55) 3921-7048, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 13h.

 

Texto: Ana Bittencourt (Mtb 14.265)
Fotos: Viviane Campos
Superintendência de Comunicação
Prefeitura Municipal de Santa Maria

 




Fotos

Voltar | Mais Notícias | Página Inicial


Prefeitura Municipal de Santa Maria
Endereço:
Rua Venâncio Aires, 2277
Expediente externo: 8h30min às 13h30min
Telefone: (55) 3921-7000 CEP: 97010-005


Desenvolvimento SITI © Copyright 2021
Todos os direitos reservados.

Topo da Página | Página Inicial