Dengue

Dengue: Um Inimigo Silencioso

 

Histórico da Doença
O Aedes aegypti é originário da África, onde existem as formas silvestres e domésticas e foram trazidas do velho para o novo mundo nos barris de água dos navios, durante o período inicial das explorações e colonizações européias, permanecendo onde as alterações antrópicas propiciem a proliferação. Sua importância para a saúde pública se deve ao fato de ser o vetor da doença Dengue e febre amarela aos humanos, os primeiros casos registrados na história surgiram no inicio do século passado.

O Quê é Dengue?
Virose que se espalha rapidamente e é transmitida ao homem pelo mosquito Aedes aegypti.

Existe vacina? Quantas vezes uma pessoa pode ter Dengue?
Não existe vacina. Existem 4 tipos de vírus (Den 1, Den 2, Den 3 e Den 4), pode-se adoecer por cada um dos vírus circulantes que está no mosquito, então, uma pessoa pode adoecer quatro vezes. Cada tipo confere imunidade.

Como é o mosquito da Dengue?
O inseto é um pernilongo escuro com listras brancas e tem por hábito picar durante o dia.

Como o mosquito da Dengue se infecta?
O Aedes aegypti somente se infecta com o vírus da Dengue ao picar uma pessoa com a doença, então o mosquito passa a transmitir o vírus.

Quais os principais sintomas da Dengue?
A dengue clássica se manifesta assim:
- 99% das pessoas apresentam febre durante cerca de sete dias com início abrupto.
- 60% têm dor de cabeça frontal severa, dores nas articulações e músculos.
- 50% têm dor atrás dos olhos (retro-orbital).
- 50% têm prostação, indisposição, perda de apetite, náusea e vômitos.
- 25% têm manchas vermelhas no tórax e braços.

Importante!
A Dengue se diferencia de resfriados e gripes por não apresentar sintomas respiratórios. Diante a mínima suspeita de Dengue não utilize medicamento a base de ácido acetil-salicílico. Consulte um médico. Beba bastante água.

O que cada um pode fazer para evitar o mosquito?
- Não acumular lixo, ou seja, materiais em desuso que retenham água parada como pneus, garrafas, copos, latas;
- Tapar a caixa d` água, poços, latões e filtros;
- Lavar os pratinhos de folhagens, escovando as bordas para eliminar os ovos do inseto, e não acumular água, podendo colocar areia;
- Tratar as piscinas;

Superintendência de Vigilância em Saúde
Endereço: Tuiuti, nº 1926, Centro.  Fone: 3921-7159
Vigilância Ambiental em Saúde:
- Setor de Controle do mosquito Aedes aegypti :  3921-7155
​- Setor de Zoonoses, Vigilância do Ar e Solo: 3921-7158

                                        





Secretaria de Município da Saúde
Endereço:
Av. Nossa Senhora Medianeira, 355
Expediente externo: 7h30 às 13h
Telefone: (55) 3921-7095 CEP: 97060-001
E-mail: saude@santamaria.rs.gov.br


© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento STI/SMG

Topo da Página | Página Inicial