18/05/2017 22/05/2017 16h05m

Luz, Câmera e Educação Fiscal: Prefeitura lança 3º Concurso Nacional de Audiovisual

Lançamento do concurso ocorreu na Universidade Federal de Santa Maria (Foto: João Alves)

Inscrições podem ser feitas no site da Prefeitura até o dia 31 de outubro. Professores e estudantes universitários podem participar do concurso

 

Luz, Câmera e Educação Fiscal. Com esse slogan, a Prefeitura de Santa Maria – por meio das secretarias de Finanças e de Educação – lançou, na manhã desta terça-feira (16), a 3ª edição do concurso voltado a estudantes e professores de todo o país para selecionar obras audiovisuais de curta-metragem com o tema Educação Fiscal. O objetivo é conscientizar o cidadão sobre a função social e econômica dos tributos. O lançamento ocorreu na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e contou com um debate acerca da temática.

O concurso – que também é promovido pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, com apoio da UFSM, Secretaria de Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul e Escola de Administração Fazendária – abriu as inscrições nesta terça e vai até o dia 31 de outubro. São duas categorias: a dos estudantes e dos professores. Os trabalhos de audiovisuais premiados serão veiculados nas unidades da Receita Federal do Brasil e em outros órgãos públicos. As inscrições podem ser feitas no site da Prefeitura. Clique aqui e conheça o regulamento.

“Convidamos todos a participar para mostrarmos, por meio das obras audiovisuais, a importância e função social e econômica do tributo”, destacou a coordenadora do Programa Municipal de Educação Fiscal (PMEF), Rosaura Vargas.

Após o lançamento do programa, uma mesa de debate foi formada pelo secretário de Finanças do Município, Jean-Pier Esquia, pelo reitor da UFSM, Paulo Burmann, pelo superintendente regional da Receita Federal do Brasil em Porto Alegre, Paulo Renato Silva da Paz, e pela chefe de divisão de Educação Fiscal em Brasília, Lilian Rose Vasques Andrade. Acadêmicos dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, bem como professores, também participaram e enriqueceram a discussão.

Com o tema central sendo a Educação Fiscal, os participantes falaram sobre sonegação fiscal, corrupção, mudanças nas legislações, redução da perda de tributos, arrecadação, qualidade no gasto público, entre outros assuntos relacionados à temática.

“Estamos há quatro meses à frente da Prefeitura. Ainda precisamos melhorar nossa arrecadação, reduzir perdas, inadimplências, e isso vêm por meio da conscientização. Também precisamos refletir sobre o retorno social que o tributo traz e que contribui diretamente para o desenvolvimento da cidade”, argumentou o secretário de Finanças.

O reitor reafirmou o apoio da universidade ao concurso e, mais uma vez, incentivou aos alunos e servidores que participem: “É importante divulgarmos, participarmos. É aqui, nas universidades, que começamos as mudanças”, destacou Burmann.

Já o superintendente regional da Receita Federal trouxe reflexões acerca da sociedade desigual e, também, concordou com Burmann. “É no meio universitário que ganhamos força para mudar a realidade”, acrescentou. Na oportunidade, a chefe de divisão de Educação Fiscal em Brasília parabenizou às instituições pela iniciativa do concurso e incentivou a participação de estudantes e docentes.

 

Texto: Maurício Araujo (Mtb 17.781)
Fotos: João Alves (Mtb 17.922)
Superintendência de Comunicação
Prefeitura Municipal de Santa Maria

Fotos

           

Voltar | Mais Notícias | Página Inicial







Educação Fiscal
Endereço:
Rua Venâncio Aires, 2277 - Térreo
Expediente externo: das 7h30 às 13h
Telefone: (55) 3921-7073 CEP: 97010-005
E-mail: educacaofiscal@santamaria.rs.gov.br


© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento STI/SMG

Topo da Página | Página Inicial