Programas

EDUCAÇÃO INCLUSIVA: - educação para todos

OBJETIVO GERAL

Desenvolver o processo de Educação Inclusiva em toda a Rede Municipal, em todos os níveis: Educação Infantil, Ensino Fundamental, e Educação de Jovens e Adultos.

METAS

  • Fortalecer a política pública para o processo inclusivo, efetivando a qualificação nos espaços educativos com condições de acesso e permanência;
  • Qualificar e ampliar a política de acessibilidade, eliminando barreiras físicas, de comunicação e atitudinais;
  • Promover a formação continuada para qualificar o processo de educação inclusiva;
  • Desenvolver a continuidade dos programas e projetos consolidando as ações referentes à proposta de Educação Cidadã.

AÇÕES

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA: DIREITO À DIVERSIDADE

OBJETIVO GERAL: Disseminar a política de educação inclusiva nos municípios brasileiros a apoiar a formação de gestores e educadores para atuar como multiplicadores no processo de transformação dos sistemas educacionais em sistemas educacionais inclusivos.

Município - Pólo: Santa Maria - RS

Coordenação: Marizete Almeida Müller - SMEd

Início do Programa: 2004

Financiamento: SEESP / MEC

AÇÕES INTEGRANTES DO PROGRAMA:

1 - CURSO DE FORMAÇÃO PARA GESTORES E EDUCADORES DO MUNICÍPIO - PÓLO E MUNICÍPIOS DA ÁREA DE ABRANGÊNCIA (atualmente 43 municípios)

- Curso em 2004: 20 horas / Total de inscrições: 272

- Curso em 2005: 40 horas / Total de inscrições: 494

- Curso em 2006: 40 horas / Total de inscrições: 516

* Previsão curso de 40 horas para 2008

Total de Investimentos: R$ 81.000,00    ( PNUD / SEESP / MEC )

Previsão de R$ 44.000,00 para 2008

2 - PROJETO EDUCAR NA DIVERSIDADE

Coordenação: Valquirea Monteblanco Villagran

OBJETIVO GERAL: Contribuir para o desenvolvimento de escolas igualitárias e efetivas para todas as crianças e jovens nas cinco regiões brasileiras, visando transformar as práticas educacionais através de: - formação de professores de ensino regular para usarem estratégias de ensino inclusivas;

-  preparação de educadores e comunidades escolares para apoiar o desenvolvimento docente para a inclusão;

- transformação do ambiente escolar em um espaço acolhedor de aprendizagem colaborativa contínua e responsivo às diferenças humanas.

Início do Projeto: 2005

- Formação em 2005 e 2006: 70 horas de formação nas Escolas Municipais Lourenço Dalla Corte e Adelmo Simas Genro / Total de participantes: 63 professores.

- Formação em 2007 e 2008: Lançamento no dia 27 de abril de 2007, com a proposta de desenvolver o projeto nas Escolas Municipais Pão dos Pobres e Dom Antônio Reis, com a participação de 51 professores.

Total de Investimentos: Material fornecido pela SEESP / MEC

3 - PROJETO SAÚDE DO ESCOLAR

Coordenação: Valquirea Monteblanco Villagran e Tamara Marques da Rocha

OBJETIVO GERAL: Melhoria da qualidade da inclusão educacional através da articulação da educação com as políticas de prevenção e atenção à saúde dos educandos.

Início: 2005

- Consultas em oftalmologia: 200 encaminhamentos de alunos dos 1º, 2º e 3º anos do Ensino Fundamental da Rede Municipal.

- Consultas em otorrinolaringologia e fonoaudiologia: 150 encaminhamentos de alunos dos 1º, 2º e 3º anos do Ensino Fundamental da Rede Municipal.

    aquisição de óculos

    exames de audiometria

Total de Investimentos: R$ 29.700,00 ( FNDE / MEC )

4 - CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA A PROFESSORES EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO A DISTÂNCIA

Coordenação (Tutoria): Marizete Almeida Müller

OBJETIVO GERAL: Contribuir para que a escola possa ser, cada vez mais, um ambiente de acolhimento às diferenças e de desenvolvimento dos educandos, de acordo com a capacidade de cada um. O Atendimento Educacional Especializado é mais uma garantia de que a inclusão desses alunos nas turmas de ensino regular se concretize não apenas pela matrícula e freqüência à escolas comuns, mas pelo prosseguimento e aproveitamento dos estudos.

Início: 2007

- Formação de 40 horas para tutores (coordenadores do Programa de Educação Inclusiva dos municípios pólo do Brasil) realizado pela SEESP / MEC.

- Desenvolvimento do curso de formação em Atendimento Educacional Especializado, no município, para 10 professores-alunos, a nível de aperfeiçoamento, no total de 180 horas (156 horas a distância e 24 horas presenciais, abril a outubro de 2007).

Total de Investimentos: Material fornecido pela SEESP / MEC

AÇÕES E METAS GERAIS DO EIXO INCLUSÃO REFERENTES À SECRETARIA DE MUNICÍPIO DA EDUCAÇÃO:

  • Elaboração e execução de Projetos junto ao FNDE, para adaptação de escolas, aquisição de equipamentos e material didático (projeto de 2006, para execução em 2007: aquisição de 34 computadores, 15 impressoras, 94 softwares educativos, 300 jogos didáticos-pedagógicos, 60 livros de histórias, e adaptação de 5 escolas para acessibilidade física, com investimento total de R$ 121.732,74: recursos do FNDE, beneficiando 15 escolas da Rede Municipal de Ensino);
  • Elaboração e execução de Projetos junto ao FNDE, formação de professores, aquisição de equipamentos e material didático (projeto de 2007, para execução em 2008: investimento de R$ 129.940,00);
  • Aquisição, através de projeto junto ao MEC / SEESP de 3 salas de recursos multifuncionais para as escolas: EMEF Fontoura Ilha, EMEF Diácono João Luiz Pozzobom, EMEF Vicente Farencena;
  • Diagnóstico e levantamento dos alunos com deficiências, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, na Rede Municipal de Ensino;
  • Acompanhamento sistemático nas escolas;
  • Legalização do Atendimento Educacional Especializado nas escolas de ensino regular (25 escolas com educadora especial);
  • Criação da Sala de Assessoria Pedagógica Especializada Municipal, com o objetivo de prestar orientação, assessoria, disponibilizar material e bibliografia para todas as escolas da Rede Municipal de Ensino, referente à área de Educação Especial (a sala se configura como extensão da SMEd, instalada na E.M.E.F. Pão dos Pobres, em 2 turnos semanais);
  • Formação continuada das educadoras da Rede Municipal;
  • Formação continuada das orientadoras educacionais da Rede Municipal;
  • Curso de Especialização à Distância: Deficiência Sensorial Auditiva e Déficit Cognitivo - UFSM / MEC, 360 horas, para professores com Licenciatura Plena da Rede Municipal de Ensino;
  • Elaboração da Diretrizes Curriculares Municipais em Educação Especial;
  • Continuidade dos Programas e Projetos: Paz nas Escolas, Combate à Violência, Prevenção ao Tabagismo, Incentivo e Valorização da Vida, Integrar na Aprendizagem - Relacionamento Interpessoal; (Coordenação Neusa Pereira).